(51)3224-8400
Dólar: R$3,172 | Taxa Selic: 10.25% | Salário Mínimo: R$937,00
img-responsive

Número de registros de novos MEIs cresce 10,5% no 1º semestre e bate recorde, diz Serasa

Número de registros de novos MEIs cresce 10,5% no 1º semestre e bate recorde, diz Serasa

De janeiro a junho, surgiram mais de 902 mil novos microempreendedores individuais. Alta reflete aumento do empreendedorismo por necessidade.

O número de registro de novos microempreendedores individuias (MEIs) bateu recorde para um 1 semestre, segundo a Serasa Experian. De janeiro a junho, surgiram 902.290 novas empresas de MEIs no país, uma alta 10,5% ante o mesmo período de 2016 (816.704). Trata-se também do maior número desde 2010, quando o indicador foi criado.

Atualmente, de cada 10 empresas abertas atualmente no país, 8 são constituídas por microempreendedores individuias.

O número de novos MEIs também foi recorde para meses de junho, com a criação de 145.946 novas empresas dessa natureza jurídica, ante 136.356 MEIs abertos em junho do ano passado.

“Os números do semestre refletiram o fenômeno do empreendedorismo por necessidade, quando pessoas que foram demitidas procuram meios de se recolocar no mercado”, diz o vice-presidente de Pessoa Jurídica da Serasa Experian, Victor Loyola.

Segundo dados do Portal do Empreendedor, o número de MEIs registrados no Brasil até setembro já passam de 7,4 milhões.

Abertura de empresas de outra natureza

No primeiro semestre, as Sociedades Limitadas registraram a criação de 89.775 unidades ou 7,9% do total de novos negócios; também surgiram 86.075 Empresas Individuais (7,5% do total). O nascimento de novas empresas de outras naturezas jurídicas representou 5,6% de todos os novos empreendimentos nos seis primeiros meses do ano.

Segundo a Serasa, entre as 1.142.641 novas empresas nascidas no último semestre, 7,6% são Serviços de Alimentação e 7,3% são do ramo de Comércio de Confecções em Geral. Serviços de Higiene e Embelezamento estão em terceiro lugar, com 6,8%.

Fonte: G1 Economia.