(51)3224-8400
Dólar: R$3,678 | Taxa Selic: 6,50% | Salário Mínimo: R$954,00
img-responsive

Economia fraca, dólar forte: problemas para o Banco Central

Economia fraca, dólar forte: problemas para o Banco Central

O setor de serviços, que representa cerca de dois terços da economia, fechou o trimestre com desempenho negativo, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O que indica resultado frustrante para a economia nos três primeiros meses do ano.

O PIB do primeiro trimestre será divulgado pelo IBGE no dia 30. A retomada da economia, que parecia animadora na virada do ano, vai perdendo força.

Com a queda de 0,2% em março, o setor de serviços acumula retração de 1,5% de janeiro a março em comparação com o mesmo período do ano passado.

O que salvou o setor de um resultado ainda pior foi o grupo de serviços prestados às famílias, com alta de 2,1% em março na comparação com fevereiro. Mas no trimestre ainda se registra queda de 2,4% na comparação com o primeiro trimestre de 2017.

Em transportes, que reflete o ritmo da atividade econômica em geral, os três primeiros meses foram de resultados negativos, embora na comparação com os mesmos meses do ano passado o desempenho passa a ser positivo.

É nesse ambiente de atividade econômica morna e volatilidade no mercado de câmbio, com alta na cotação do dólar, que o Banco Central vai decidir sobre a taxa de juros na quarta-feira (16). Deve-se confirmar a expectativa de queda de 0,25 ponto percentual na Selic.

A cotação da moeda americana já não reflete apenas a alta dos juros nos Estados Unidos. O processo eleitoral exerce também sua influência. O que torna mais complexa a estratégia que o Banco Central terá de adotar daqui pra frente.

Fonte: G1 Economia.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com